Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2010

«Alberto João Jardim - O Rei da Madeira»

«Alberto João Jardim - O Rei da Madeira» é o título da biografia não autorizada do presidente do Governo Regional da autoria da jornalista Maria Henrique Espada que será apresentada a 8 de Julho, em Lisboa, por Pedro Santana Lopes. A jornalista diz que o principal objectivo não foi «realçar o melhor ou pior de Jardim, porque as pessoas têm sobre ele uma opinião bem formada e poucos são os que lhe são indiferentes, mas trazer mais informação sobre o seu percurso». O livro tem por base inúmeros depoimentos de pessoas que lhe são próximas e muita pesquisa, narrando ao longo de 400 páginas «muitos factos, casos e episódios, alguns dos quais surpreendentes». Jardim já disse que se trata de um ataque. Esperemos para ver.

A tradição que se mantém viva

Porque em Portugal há casas assim, onde a tradição de tempos antigos se mantém viva. A Casa do Mundo Rural de Prados, em Celorico da Beira, é exemplo disso. Para leraqui.

Última do 24!

As imagens da desilusão!

Acabou o sonho nacional!

Num jogo em que a Espanha mereceu ganhar, apesar da expulsão injusta de Ricardo Costa, a verdade é que Portugal fica, e bem, pelos oitavos de final. Ronaldo tem de aprender a jogar em equipa. Só jogando simples, em colectivo e de forma coesa, pode realçar uma boa equipa - que temos - e vencer fases consecutivas de uma fase final do campeonato do Mundo. Nota excelente para Eduardo, um guarda-redes que brilhou em África e que revelou ser um jogador de nível máximo! Agora, é esperar mais dois anos para ver o que dá o europeu.

Grande página!

Deus no céu, Maradona na terra

Escultura de areia de homenagem a Maradona, na Índia, concretizada por Sudarshan Pattnaik.

Portugal no Mundialde África 2012

A importância do comércio local

Porque a dinamização do comércio tradicional impera, porque é importante revitalizar a economia local. Um bom exemplo aqui.

Portugal e Espanha: unidos por uma polémica antiga

No dia em que Portugal entra em campo com a Espanha, há uma luta ibérica de séculos que continua por resolver. Em Olivença, onde as culturas portuguesa e espanhola persistem lado a lado, há uma história que ainda se mantém viva, laços com o nosso País que persistem. Para ler aqui.

Espanha - África do Sul 2010

EUA no África do Sul 2010

Realidade supera os estudos! Em muito!

Maioria dos portugueses vive com menos de 900 euros/mês e tem dificuldades em pagar as despesas. Um quinto vivem abaixo do limiar da pobreza. É o que conclui um estudo do Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. É preciso estudos? Será que a realidade não chega?

Porque vale a pena um trabalho destes

Um estudo sobre os caminhos-de-ferro em Portugal e um importante trabalho de digitalização elaborado pela Hemeroteca Digital de Lisboa, a Gulbenkian e a Fundação do Museu Nacional Ferroviário. Para ler aqui.

A vergonha da arbitragem

Afinal as polémicas arbitragens não se registam apenas em Portugal. Numa fase final do campeonato do Mundo, a prestação das equipas de arbitragem são vergonhas. Hoje, em dois jogos apenas, Inglaterra e México foram as vítimas maiores dos erros humanos. Rui Santos deve ter matéria-prima de sobra para falar no seu «Tempo Extra» da Sic-N.

Que venha a Alemanha

Apesar de não dominarem totalmente a partida, a turma de Diego Maradona não desperdiçou as oportunidades e, com dois golos de Tévez e um de Higuaín, marcaram três ao México, que apenas conseguiu responder com um golo. Próximo obstáculo: Alemanha.

As farpas de Sampaio

O ex-Presidente da República não fala em «bloco central», mas quase. Defende que, para combater a crise, é preciso um «trabalho constante» entre todos: partidos, agentes sociais e empresariais. «Nesta altura, as pessoas não se podem encontrar mês a mês, como acontece na Concertação Social. Eu teria a Concertação Social todos os dias aberta e reuniões diárias entre o PS e o PSD e outros partidos que se quisessem juntar, sectorialmente ou não», disse, em entrevista ao DN. Quando estamos fora é fácil falar. No tempo em que esteve em Belém não pensava assim...

Salvem as notas!

Banco a arder em Utrecht, na Holanda.Onde é que já vimos isto?

Com ou sem maioria, PSD quer CDS no Governo

É um tiro no escuro e...perigoso. Sobretudo quando ainda estamos longe das eleições legislativas. O cérebro de Pedro Passos Coelho diz hoje ao Público que, com ou sem maioria absoluta, quer o CDS no Governo. Veremos se primeiro há maioria absoluta. Miguel Relvas é um político que não desiste facilmente. Resta saber se os centristas querem o casamento em cenário de maioria absoluta. A ver.

Olé!

Depois do confronto com o povo irmão, seguem-se «nuestros hermanos» aqui do lado. Não é impossível. Basta acreditar.

Sócrates governa o País sozinho! Nota-se!

Um Brasil longe de tempos idos!

Um jogo onde a Língua foi o elo comum. Menos tensão e mais desportivismo, esperava-se. Ainda assim, os segundos 45 minutos demonstraram que Portugal, se quiser, pode chegar longe, ao contrário do que as expectativas faziam crer. E se vier Brasil, a Argentina dará a volta. Porque hoje ficou provado que o «monstro» não está assim tão forte. Que venham os oitavos e boa sorte para os países irmãos.

Dolorosamente...à sexta!

A mudança que impera na classe política!

Já é um lugar comum, os seguidores de José Sócrates serem usados pelo primeiro-ministro para dizer aquilo que ele não quer dizer. Desta vez coube a Vitalino Canas vir dizer que Cavaco devia ser mais comedido nas palavras, quando afirmou que «é urgente que a política pública seja avaliada».  Recorde-se que o Presidente da República recordou recentemente que o país está numa situação insustentável, mas foi mais longe. O chefe de Estado disse que não era difícil ter prevenido a tempo o aperto e que nos próximos anos Portugal dificilmente conseguirá aproximar-se dos níveis de desenvolvimento da média europeia.  É bom que o PS comece a pensar duas vezes antes de abrir a boca. A culpa do agravamento da situação económica do País deve-se a uma cooperação estratégica, delineada por Cavaco, e que subscreveu algumas das maiores barbaridade políticas da história política recente do País. Aprendam melhor …

Hoje fala-se português na África do Sul

O «The Mercury», mais antigo e mais importante jornal sediado em Durban (é a terceira maior cidade da África do Sul em número de habitantes depois de Joanesburgo e Cidade do Cabo), sai para as bancas nesta sexta-feira com uma edição especial. A propósito do jogo entre Portugal e o Brasil, marcado para esta cidade, o diário sul-africano vai sair com uma primeira página em português, assim como um suplemento de quatro páginas. A editora do jornal é uma luso-descendente, que assumiu o cargo em Fevereiro, e sentiu que era preciso mostrar ao país, e sobretudo à população de Durban, a importância do Mundial.E que bonito que é ser em português!

Alentejo da minha vida!

Porque no Alentejo sem fim, naquele a que chamam de Baixa Intensidade, que terá a fama de ser pobre o resto dos dias, há um lugar onde o tempo não passa, onde a vida ganha outra dimensão e onde a Natureza, essa mãe que nos protege, nos anima dia e noite. Para ler aqui.

«Frete político»

Já ninguém se lembrava nem da CIA nem de Ana Gomes. Mas, eis que a eurodeputada socialista volta à carga, acusando a Procuradoria-Geral da República e a procuradora Cândida Almeida, em particular, de terem feito um «frete político» ao arquivarem a investigação aos chamados voos da CIA. Ana Gomes disse não saber quem fez a pressão, mas fica implícito nas suas palavras que ela só poderá ter partido do Governo. Pois, Ana Gomes é assim, acusa mas nunca provou nada até hoje, ainda que todo o caso seja estranhíssimo. Este sim, é daqueles casos que vão acabar como começaram: a zero.

A frase

«Não é por haver eleições que vou deixar de desempenhar funções».
Presidente da República.

O fim do 24 Horas

O que já se temia há muito acaba por acontecer. O «24 Horas» vai encerrar, avança o Público. A morte lenta terminou.

E mais um europeu que vai para casa!

Escândalo

Aí está o resultado dos elefantes brancos que são os estádios construídos para o Euro 2004. Sem condições financeiras, a União de Leiria vai transferir toda a sua estrutura para Torres Novas, onde passará a jogar e treinar. Argumento? O clube da cidade do Lis não consegue suportar os 250 mil euros que paga anualmente à Leirisport, empresa municipal leiriense que gere o estádio Dr. Magalhães Pessoa. E brincam assim com o povo! Muito, mas muito bom! Tudo dito.

Foi há um ano

Foi há um ano que a estrela da pop das últimas décadas morreu. A sua morte ainda hoje vende jornais.

Porque eles também existem

Estão há mais de 500 anos no País, ainda assim, continuam a considerar-se - e com razão - a minoria mais mal amada. Hoje comemora-se o Dia Internacional do Cigano.

Fim da recessão? Só em 2012

É um cenário que nos assusta. Mas que temos de enfrentar. A economia portuguesa só deverá sair da recessão em 2012. Quem o diz são as previsões de Verão da Ernst & Young.

«Obviamente, demitam-no»

«Os governos de José Sócrates conduziram o país a uma situação deplorável, a pior de que há memória. Em tudo que mexe, o Governo estraga. O desemprego atingiu uma dimensão socialmente insuportável. São já 600 mil os afectados, cerca de metade dos quais não dispõe sequer de qualquer rendimento. A dívida pública chegou aos piores valores desde os alucinantes tempos da Primeira República, o país ameaça bancarrota». Paulo Morais. JN. Ver artigo na íntegra aqui.

Por um Tejo universal e preservado

Porque é importante preservar um rio como o Tejo. Porque a candidatura a património mundial da UNESCO pode, de facto, abrir os olhos do poder político para a sua preservação. Para ler aqui.

O novo «tacho» de Manuel Pinho

Para Mário Lino não se ficar a rir sozinho, o PS arranjou mais um tacho para outro ex-ministro. Manuel Pinho, antigo tutelar da pasta da Economia, o conhecido ministro dos «corninhos», foi designado para presidir ao Conselho de Administração Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva. O cargo era ocupado desde Dezembro de 2007 pelo ex-ministro e comissário europeu António Vitorino, que saiu em Fevereiro deste ano, após ter sido nomeado pelo Ministério da Cultura representante do Estado no conselho de administração da Fundação de Arte Moderna e Contemporânea - Colecção Berardo, em Lisboa.Agora digam-me lá que isto não é revoltante?

ALA não precisa disto!

Um texto sem sentido de oportunidade. Um texto com lógica mas fora do seu tempo. Verdadeiro mas a verdade deve ser natural e esperar que a normalidade aconteça. Para leraqui.

Portugal: «lixeira a céu aberto»

«Ir de serviço em serviço, repartição em repartição, direcção-geral em direcção-geral, empresa em empresa, fundação em fundação à procura de desperdícios, tachos, tachinhos, panelas e panelinhas pode dar mau resultado. O país, que já anda nas ruas da amargura, pode, de repente, tornar-se numa imunda lixeira a céu aberto». António Ribeiro Ferreira. Correio da Manhã.

Novo riquismo nacional em voga

Os Bombeiros Voluntários de Portalegre foram alvo de uma ação de penhora, tendo sido levados vários bens da instituição. Em causa está uma dívida à empresa promotora do espectáculo com o cantor Júlio Iglésias, realizado em 2004, em Portalegre. Assim vai este País de laivos de novo riquismo.

E por banqueiros, não?

Henrique Granadeiro tem de olhar para os seus telhados de vidro antes de abrir a boca.

David contra Golias!

Talvez hoje os gregos aprendam um pouco a jogar à bola! A Grécia vive tempos difíceis e nem nos relvados a motivação se espera. Sobretudo num jogo de calendário, com os mágicos de Maradona já com os dois pés nos oitavos de final.