Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2009

A máxima

Apetece-me. E é isso que todos nós devemos fazer sempre: procurar o nosso eu. Seja ele qual for, esteja ele onde estiver. Contra tudo e todos! Só assim seremos nós próprios. E um pouquinho mais felizes. Digo eu.

«Um Papa entre dois muros»

A meados deste mês, Bento XVI fez a viagem mais arriscada e talvez a mais importante do seu Pontificado até agora: ao Médio Oriente. Soube estar entre os dois lados da barricada:Israel e Palestina. Manuel Vilas-Boas, jornalista da TSF, esteve lá. «Um Papa entre Dois Muros» é uma excelente reportagem para ouvir e reflectir. Está disponível em www.tsf.pt.

E por falar em candidatos...

Há coisas que nunca mudam...sobretudo nos cartazes!

Campanha

Bandeiras ao vento. Gritos partidários. Candidatos a derreter debaixo de um sol demasiado quente para um final de Maio. Também os discursos aquecem e caminham rumo às eleições de 7 de Junho. Confesso, já tinha saudades desta romaria. Mesmo que promessas políticas venham e vão sem dar nada de novo! Pelo menos aí temos a agitação eleitoral. E quer se queira quer não, a animação é bem melhor que a já famigerada crise.

70 mil na rua

70 mil. Mais um número para a legislatura. Foram estas as pessoas que percorreram a Avenida da Liberdade esta tarde na manifestação dos docentes convocada pelos sindicatos do sector. A PSP aponta para entre 50 a 55 mil. Sejam quais forem os números, é obra!

A imagem do dia

O Presidente nas comemorações do seu 125.º aniversário do Zoo de Lisboa.

A segunda Cuba da América Latina

«A Venezuela pode transformar-se na segunda Cuba da América Latina».
Mario Vargas Llosa

Já faltava!

Desde os comentários à ironia usados por Manuela Moura Guedes, tudo vale para a ERC condenar a estação de Queluz no que toca ao jornal nacional das famosas sextas-feiras. Temos de dar a mão à palmatória e os parabéns a uma entidade oca de sentido que abriu hoje um novo capítulo na sua tarefa de supervisão da comunicação social: a análise do alinhamento e conteúdo informativo de um jornal televisivo. Já faltava, sobretudo no de Moura Guedes que nunca cumpriu o código deontológico da classe.

E assim se destrói uma vida!

Uma estação de televisão russa mostrou imagens de Alexandra, a menina que o Tribunal da Relação de Barcelos ordenou que fosse entregue à mãe biológica, a levar palmadas da mãe, Natalia Zarubina, por causa de uma birra. Dizem-me que no mesmo vídeo, se vêm várias imagens de Natalia a criticar a educação dada em Portugal a Alexandra acusando-a de ser mimada. Em Portugal o Estado falhou. Espera-se que na Rússia não haja falhas. O que duvidamos. O debate sobre a separação entre filhos e pais biológicos e/ou afectivos, tendo em conta vários casos mediatizados nos últimos anos em Portugal, tem sido mais que muito. Independentemente dos direitos naturais, quando uma criança é abandonada pelos pais, sejam eles quais forem, esses mesmos pais não são merecedores da recuperação. os direitos da criança, que deviam estar acima de tudo e todos, pelos vistos, são os que menos importam. E assim se destroem vidas!

Será esta a Justiça certa?

O Tribunal da Boa Hora decidiu hoje que à pena unitária de 11 anos e meio de prisão serão retirados os três anos e meio já cumpridos de prisão efectiva por João Vale e Azevedo, pelo que lhe resta ainda cumprir oito anos de prisão. Tudo pelos crimes de que era acusado em casos como o «Dantas da Cunha», «Ovchinnikov», «Euroárea» e «Ribafria». O cúmulo jurídico assim o dita, segundo o juiz, já que visa juntar numa só pena as várias condenações já proferida. Temos de respeitar a lei portuguesa e os códigos de Justiça, mas a verdade é que interrogamo-nos: será esta a Justiça certa? Não deveria Vale e Azevedo cumprir, na íntegra, todos os anos que apanhou por cada crime? A verdade é que se sente impunidade no ar.

Alarmante

Os dados são da Associação de Doentes Obesos e Ex-obesos de Portugal. Cerca de cinco milhões de portugueses têm excesso de peso e mais de nove mil pessoas já morreram desde 2004 com problemas relacionados com a obesidade. Alarmante.

Mais vergonha, senhores!

Marinho Pinto já nos habituou, há muitos anos, a um estilo polémico, de boca grande, de expressar o que pensa da forma mais populista que todos conhecemos. A nova guerra aberta na Ordem dos Advogados prova, mais uma vez, o quanto esta forma de exercer o cargo não agrada aos advogados inscritos na OA, os mesmos que o elegerem há dois anos. O bastonário da Ordem dos Advogados, assegurou hoje que vai propor a extinção dos Conselhos Distritais já no final deste ano e acusou o presidente do Conselho Superior de liderar a oposição que exige uma assembleia-geral. Assembleia essa que visa, no fundo, obrigar Marinho Pinto a demitir-se. É vergonhoso para a OA lavar a roupa suja na praça pública. Os problemas internos resolvem-se dentro de casa. Tudo isto, só prova, mais uma vez, que os agentes da Justiça, no caso os advogados, têm muita culpa na descredibilidade do sistema. Com eles, o País já percebeu que não pode contar.

Voto, a quanto obrigas!

Numa grande acção de charme cujo alvo é o eleitorado socialista espanhol, José Sócrates deu, esta manhã, em Valência, o seu total apoio ao líder dos socialistas espanhóis, Zapatero. Sócrates que optou por falar em castelhano, disse que a campanha conjunta dos socialistas espanhóis e portugueses representa a visão «progressista e modernizadora» da Europa. Esta tarde é a vez de Zapatero vir dar uma mãozinha ao PS nacional, com uma acção de campanha prevista em Coimbra. Numa altura em que as sondagens não são nada animadoras para os dois partidos, tudo se faz para captar o voto à esquerda. A campanha aí está no seu auge e no seu melhor.

Inacreditável

Inacreditável. Assim se pode classificar a vontade expressa pelo antigo presidente do BPN. Depois de ter sido chamado a depor na Assembleia da República para explicar os contornos do caso, agora, Oliveira e Costa, diz que está disponível para ir ao hemiciclo e promete fazer revelações sobre o caso Freeport e BPN. Segundo a imprensa deste sábado, Oliveira e Costa afirma que desta vez não se vai calar perante os deputados. Depois de todas as acusações de que é alvo, é preciso ter muita lata. Gozar com o País é coisa que senhores como este ainda acham que podem fazer.

Costa diz «não» a Roseta

Helena Roseta convidou mas Costa rejeitou. A vereadora do movimento Cidadãos por Lisboa, propôd ao presidente da Câmara de Lisboa, que encabeçasse um movimento de cidadãos alargado nas próximas autárquicas. Só que o socialista declinou o convite. Estará Santana, ao seu belo jeito de animal político no terreno, a fazer tremer a esquerda em Lisboa? Não faria mal nenhum a coligação da esquerda na capital. Até porque favas contadas só com os votos certinhos e garantidinhos!

As ilegalidades do Magalhães

Mais uma bronca a envolver o «brinquedo» da legislatura socrática. De acordo com o SOL, a Comissão Europeia considera a compra do «Magalhães» pelo Governo feita à margem da lei e adianta que as leis da concorrência foram violadas. Bruxelas entende que a negociação dos computadores através de contratos por ajuste directo beneficia o fabricante do portátil para os mais pequenos e não trata todas as empresas por igual. Tanta propaganda tecnológica que a UE só podia ir aprofundar o contexto de contrato do computador. Mais uma polémica a juntar a já tantas que vimos nestes últimos anos em torno do «Magalhães».

Bom senso, precisa-se!

Tem sido a última polémica que opõe Estado e Igreja: a educação sexual nas escolas. Tudo devido ao projecto de lei do PS, em debate no Parlamento, e que propõe a distribuição de preservativos nas escolas. Igreja Católica e comunidade muçulmana já se mostraram contra. Só que a maioria socialista não desarma e insiste na ideia, propondo agora que essa distribuição seja feita exclusivamente por profissionais de saúde. Curiosamente, ficam de fora os colégios católicos que não vão ser obrigados a disponibilizar meios contraceptivos. A pergunta que colocamos é só uma: não chegou já a hora de a Igreja, que se diz moderna e adequada aos novos tempos, pôr de lado as questões de princípio e pensar, por uma vez que seja, na saúde pública? Porque é disso mesmo que se trata: de saúde pública. É por estas e por outras que os cristãos católicos estão cada vez mais afastados da instituição religiosa em que se inserem. O resto, a fé, a crença, a veneração pelo Deus católico, esses, permanecerão in…

O alívio de Manuela

Uma confissão em forma de alívio. Assim se pode definir os desabafos da líder do PSD. Manuela Ferreira Leite garante que «se tivesse que fazer neste momento algum comício, seria a maior das violências» que lhe poderiam pedir, porque «o jeito que tinha para o fazer seria nulo». A confissão surgiu depois de a líder do PSD ouvir uma série de sugestões sob a forma como o PSD deveria trabalhar a comunicação nos novos tempos, mas, sobretudo o que não deveria fazer. A dama de ferro nacional prefere as novas tecnologias, mas lá que os comícios à moda antiga provocam saudades, lá isso não há dúvidas.

Mega concentração policial

Não se trata apenas de mais uma manifestação. A desta tarde, que junta milhares de polícias em Lisboa, é apoiada por todos os sindicatos da PSP, nove, ao todo. Os agentes da autoridade protestam contra o estatuto profissional, que ainda está a ser negociado com o Governo. Desmotivados com as mudanças que a tutela desencadeou nesta legislatura, os agentes da PSP consideram que é cada vez mais difícil combater o crime.

Morreu o grande crítico

João Bénard da Costa faleceu hoje. Aos 74 anos o nome de Bénard da Costa fica intimamente ligado ao cinema português. As perdas sucedem-se em catadupa. Que o País saiba como renovar as suas gerações.

E não era o normal?

O Procurador-Geral da República informou hoje que deu instruções para que as diligências que impliquem cooperação judiciária internacional no caso Freeport não tenham a intervenção do Eurojust, organismo presidido por Lopes da Mota, alvo de um inquérito por alegadas pressões neste processo. Era, no mínimo, o que se esperava. Outra coisa seria absurda.

Temos um novo Manuel Pinho?

Os sinais de alívio já se fazem sentir nas economias, em particular no sector financeiro. A frase é do ministro das Finanças e faz lembrar a grande notícia dada por Manuel Pinho antes de o sistema financeiro e a crise mundial rebentarem. Teixeira dos Santos foi ainda mais longe e acredita que estamos próximos de um ponto de viragem. A avaliar pelos dados em Portugal, desde o desemprego, à dívida externa, ao défice, ao crescimento económico, etc., etc., etc., só me resta dizer: temos um novo Manuel Pinho no Governo. É pena. Até porque, independentemente de tudo, Teixeira dos Santos tem feito um trabalho aceitável no ministério das Finanças.

Sensatez, precisa-se!

O Presidente da República vetou hoje, pela segunda vez, a lei do pluralismo e da não concentração dos meios de comunicação social. Cavaco fez, obviamente, bem. E o PS, curiosamente, teve a reacção mais sensata, ao contrário da prática que tem sido corrente nos últimos quatro anos. O PS vai deixar cair o diploma e apesar de reconhecer que há uma divergência política com o Presidente, assegura que só vai insistir na lei na próxima legislatura. Parece que o bom senso começa a imperar no Largo do Rato. Eleições, eleições, são sempre umas chatas, elas!

A frase do dia

«Ceder à pressão populista contra os imigrantes seria mau para a Europa».Durão Barroso. El País.

Finalmente!

A boa notícia finalmente chegou. O ministro da Administração Interna disse hoje que Setúbal será um dos distritos com maior reforço de elementos da GNR e da PSP, por causa dos problemas de segurança existentes na região. Setúbal tem subido, nos últimos anos, na tabela de índice de insegurança como em nenhum outro distrito.
Mais do que um problema de segurança, a raiz do mal está sim nos guetos que os poderes permitiram que ali se criassem. A insegurança chegou onde chegou por falhas no ordenamento do território, erros de inclusão social que continuam a ser cometidos mas, acima de tudo, por inactividade do poder político. Aliás, como sempre! O reforço policial é sempre bem-vindo mas se a ele não se aliarem sinergias estruturais para resolver os dramas estruturais que o distrito vive, de nada valerá mais homens na rua.

Dias Ferreira agredido

Lamentável. Assim se pode descrever o que aconteceu esta tarde ao advogado Dias Ferreira, que ainda ponderava apresentar uma candidatura à presidência do Sporting. O comentador de «O Dia Seguinte» (SIC-N) foi agredido à saída do seu escritório e coagido a não ser candidato à presidência do clube de Alvalade. Sabe-se apenas que o acto foi praticado por dois indivíduos, cuja identidade, é ainda desconhecida. Quando se chega a um ponto destes, sem civismo nem respeito pelas ideias dos outros, nada mais há a dizer. Este país e esta mentalidade que ainda por aí circula precisa de uma lição de democracia das grandes!

País «enxovalhado»

Sem papas na língua, Manuela Ferreira Leite exigiu hoje que o Governo afaste Lopes da Mota do cargo de presidente do Eurojust, tendo em conta que ele não se demite, na sequência das alegadas pressões cometidas pelo procurador no âmbito do caso Freeport. Diz a líder do PSD que tal situação deixa o país «enxovalhado» e manchado na esfera internacional. Todos são unânimes. Só mesmo Lopes da Mota e o Governo insistem e persistem no erro.

Marinho Pinto lança nova polémica

É mais um ingrediente explosivo lançado hoje pelo bastonário da Ordem dos Advogados. Marinho Pinto disse hoje à TSF que alguns advogados são «especialistas» em ajudar «clientes a praticar actos ilícitos», sobretudo na área económica. E adiantou mesmo que ele próprio já foi «procurado» no seu escritório «para praticar determinado tipo de actos» ilícitos, tendo-se recusado. Assim vai a Justiça portuguesa. É o salve-se quem puder. Os cidadãos, esses, não interessam. Para nada. Apenas e só para serem passados por cima.

Jorge Jesus a caminho da Luz

Jorge Jesus está mesmo a caminho da Luz. Após algumas semanas de especulação sobre a permanência de Quique no Benfica e o eventual interesse em Jesus, «A Bola» assegura hoje que o até agora técnico do Braga está mesmo quase certo como o futuro treinador dos benfiquistas, falta mesmo só «formalizar o processo». Ou o clube leva uma grande volta ou então, antecipamos um novo desaire para a próxima temporada.

Democracia cada vez pior

Sem grandes surpresas, ficamos hoje a saber que a democracia portuguesa está a perder qualidade. O Democracy Index mundial relativo a 2008 feito pela revista britânica «The Economist» revela que Portugal perdeu seis posições face ao mesmo relatório de 2006. Está agora está em 25.º lugar da tabela mundial (167 países no total). Em 2006 estava em 19.º. Os dados não são novos. Nos últimos anos, a democracia nacional tem sofrido na pele de uma fraca qualidade. Não só de políticos como das instituições. Ou se dá a volta de vez ou então o sistema vai apodrecer, ainda mais rápido do que todos julgam.

Pensar Portugal

Esta noite, em mais um Prós e Contras, a RTP tenta – e muito bem – suscitar na opinião pública portuguesa um olhar crítico em relação aos problemas do País. Com um leque bastante gasto de convidados, mas ao mesmo tempo credível, entre eles, Adriano Moreira, Viriato Soromenho-Marques, Maria de Fátima Bonifácio e Garcia Leandro, estão em debate os grandes problemas estruturais e dificuldades que o país enfrenta.
Razões para o fracasso, erros cometidos, políticas mal implementadas, falta de inteligência dos agentes políticos e públicos deste Portugal reduzido conduziram-nos a isto. Um país sem alma, longe dos padrões desejados de desenvolvimento, sem vontade nem coragem de se tornar num exemplo para o futuro negro que se avizinha. A falta de confiança do eleitorado perante a classe política, em vésperas de eleições, não pode ser, como se tornou unânime neste P&C, a única explicação para o fracasso. Então mas não é este povo, soberano nas urnas, que também fabricou a classe dirigente qu…

Figo diz adeus aos relvados

O anúncio foi feito depois de se ter sagrado campeão italiano pela equipa de José Mourinho. Luís Figo termina, assim, em festa e glória, a sua carreira profissional, aos 36 anos, deixando para trás um percurso repleto de sucessos e magia.
O jogador ainda não sabe o que vai fazer no futuro, mas não coloca de parte uma eventual candidatura à presidência da Federação Portuguesa de Futebol. Precisamos de ti, Figo, há muito que a renovação na FPF, urge!

As ilegalidades na Luz

Mais arrasador não podia ser. O presidente do Benfica está em muitos maus lençóis numa investigação do Ministério Público sobre violência no futebol. Segundo as conclusões do relatório, citados pela SIC, Luís Filipe Vieira apoia uma claque ilegal, no caso, os No Name Boys, despediu o director de segurança por excesso de competência e pede à polícia que feche os olhos à entrada de material proibido no recinto do estádio. Assim vão as ligações versus claques desportivas.

Jardim de regresso ao estilo habitual

Já se sabia que Jardim iria fazer aquilo que mais sabe na vida: representar. As boas regras de educação e institucionais - que Cavaco terá relembrado a Alberto João - foram sol de pouca dura. O líder do Governo Regional da Madeira não teve papas na língua, dois dias depois da visita oficial de José Sócrates à Madeira, e já disparou: «o primeiro-ministro veio à região em viagem excursionista e com falinhas mansas». Se ainda há por aí alguém surpreendido, então, é porque a inocência ainda é uma virtude.

Ainda gozam com a malta

Esta parece mais uma notícia do 1 de Abril. Mas, infelizmente, não é. Conta o DN hoje que o Instituto do Emprego e Formação Profissional apagou 15 mil desempregados no fim do mês de Março, devido àquilo que Francisco Madelino, presidente do organismo, considera ter sido um erro no cruzamento de dados com a Segurança Social. Errar é humano, mas este é mesmo de quem, do alto da secretária de milhões, goza com a malta.

Socialistas aprendem bem a lição socrática

Não é surpresa para ninguém. A protecção ao PS e ao seu líder prossegue, esta tarde, na casa da democracia e da vergonha nacional. O grupo parlamentar socialista vai chumbar, hoje, o requerimento do CDS que pedia as audições ao presidente do Eurojust, Lopes da Mota, e ao ministro da Justiça, Alberto Costa. Sócrates, o professor, bem se pode contentar. É que os seus alunos na Assembleia aprendem bem a lição. E bem depressa. Só nos assola uma dúvida: que pensará Vital Moreira sobre o assunto? É certo que o cabeça de lista do PS às europeias já disse que se estivesse no lugar de Lopes da Mota, suspendia o cargo enquanto a invetsigação às alegadas pressões no caso Freeport durassem... Mas agora, Vital, esse, está caladinho!

Lopes da Mota o representante ideal

«Lopes da Mota é o representante ideal. Ele é o genuíno e fiel símbolo da Justiça Portuguesa».António Barreto. Público.

Alegre fica mal na fotografia

Depois de tudo o que vimos nos últimos três anos de Manuel Alegre, o histórico do PS fica muito mal na fotografia, quando decide manter-se no PS, evitando assim formar outro partido. É pena. Alegre alimentou a esperança de todos aqueles que já não se identifiquem com este Partido Socialista. Decepção.

Tetra...e a pensarem no bipenta?

Com a devida vénia a «A BOLA».

Bento XVI na Terra Santa

É uma viagem carregada de simbolismo. O Papa Bento XVI iniciou hoje uma visita oficial ao Médio Oriente. Em Jerusalém o Santo Pontíficie vai homenagear a memória das vítimas do Holocausto. Um momento histórico.

Parabéns, campeões!

Como já havíamos antecipado esta tarde...parabéns campeões!

O insólito

Parecia um domingo igual a outros tantos, numa Lisboa calma e tranquila, à espera de mais uma segunda-feira infernal. Só que...há animais que, pelos vistos, gostam de se passear pela cidade ao fim-de-semana. Esta manhã, uma vaca passeava alegremente pela Avenida da República em Lisboa. Segundo as autoridades, a dita cuja, veio em corrida desde a Pontinha, ficando visivelmente cansada quando chegou ao Saldanha, tendo sido apenas aí, «detida» pela PSP. O proprietário ainda não apareceu mas que o animal teve um passeio dominical diferente, lá isso, ninguém duvida.

Mudanças na Luz

Numa semana em que muito se escreveu e falou da saída de Quique Flores da Luz, Luís Filipe Vieira disse hoje que vai haver mudanças no futebol do clube. O presidente benfiquista vai ter muito que explicar aos sócios e adeptos. É que com o investimento feito esta época, com contratações milionárias, como foi o caso do técnico espanhol e de Aimar, os resultados - tirando uma Taça da Liga menor - foram péssimos. Rui Costa, esse, deve também estar em retiro desportivo. Ele também, a par de Vieira, são os rostos do fracasso encarnado.

A frase do dia

«O Bloco Central é uma ilusão».
José Sócrates.

Porto à beira do tetra

Lucho: um dos grandes responsáveis pela festa de hoje
As faixas há muito que foram encomendadas. A festa está pronta. Só falta mesmo o FC Porto garantir daqui a poucas horas de forma matemática o segundo tetracampeonato de futebol no seu historial. Para isso tem de vencer o Nacional da Madeira. A duas jornadas do fim do campeonato, os portistas provaram que são a melhor equipa do futebol português. A todos os níveis. Por isso, aqui ficam os parabéns antecipados aos dragões. Mesmo que hoje a festa do título fique adiada, o troféu muito dificilmente escapará ao clube de Pinto da Costa. Sporting e Benfica têm muito que reflectir. Esta foi uma época para esquecer para os clubes de Lisboa.